Responsável pela exposição do Banco Santander é amigo da Maria do Rosário

280

A exposição de arte promovida pelo Banco Santander ,na cidade de Porto Alegre, está causando grande revolta da população.

Denominada Queer Museu, a exposição traz um conjunto de objetos e imagens que fazem apologia à pedofilia, à zoofilia, expõem pornografia explícita, além de vilipendiar e promover a blasfêmia de símbolos cristãos.

Amigo da deputada Maria do Rosário é o curador da amostra, que utiliza como justificativa para “arte” a diversidade sexual.

A população acusa o Banco Santander colaborar com o marxismo cultural, atacar valores, incentivo a pornografia, pedofilia, zoofilia e insulto a símbolos cristãos foram expostas a crianças e menores de idade, o que constitui-se em crime no Brasil. Ao promover o evento, o Banco Santander pode ter incorrido em crimes previstos nos artigos 208 e 234 do Código Penal e no artigo 241 do Estatuto da Criança e do Adolescente.

Na internet está ocorrendo um boicote ao Banco, sugerindo aos correntistas encerrarem suas contas.

Fonte: Jornal livre e El país.

 

VEJA TAMBÉM:

 

 

Heineken é processada por conter lagartixas em lata de cerveja

Exposição do Banco Santander mostra incentivo á pedofilia, Zoofilia e o responsável é amigo da Maria do Rosário

Polícia divulga vídeos do ‘Massacre de Manaus’. Confira:

Menino deficiente é deixado no corredor da escola enquanto a turma vai ao cinema

 

Deixe seu comentário!